Grupo de supostos marginais desmantelado em Cabinda

Um grupo de supostos marginais , composto por quatro elementos com idades compreendidas entre os 27 e 29 anos, que dedicava-se à prática de furto e roubo de motorizadas, entre outros delitos, nos bairros Gika e Tchizo, na cidade de Cabinda, foi desmantelado pelas autoridades policiais daquela cidade.

O mesmo era composto por três cidadãos angolanos, já detidos pela polícia, e um da República Democrática do Congo (RDC), ainda foragido.

No mesmo período, a polícia desmantelou seis focos, sendo três de concentração de marginais e os restantes de venda e posse de estupefaciente (liamba), nos bairros 4 de Fevereiro, 1 de Maio, Lombo-Lombo e Tchizo, com um total de 13 supostos implicados.

A corporação expulsou 330 cidadãos estrangeiros, sendo 326 da RDC, e quatro da República do Congo (RC), por estadia ilegal no território angolano.

Registou a saída voluntária de 53 cidadãos da RDC em situação migratória irregular.

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.