Aborto pode causar infertilidade feminina, alerta médica

O aborto voluntário, sobretudo clandestino, pode desencadear em infertilidade feminina, uma vez que geralmente é realizado em locais impróprios e sem os devidos equipamentos necessários, alertou, a chefe do banco de urgência da maternidade do Hospital Provincial de Malanje, médica Catarina da Glória.

Catarina da Glória que falava a propósito das ocorrências do fim de semana na aludida instituição, aconselhou as mulheres, mormente adolescentes a evitar a interrupção da gravidez, devido a essa e outras consequências como a morte.

Para tal, apelou as mulheres em idade fértil a primar pela prevenção, usando o preservativo durante as relações sexuais, fazer planeamento familiar e outras medidas que ajudam a prevenir a gravidez indesejada e as doenças sexualmente transmissíveis.

A médica lançou esse repto devido aos cinco casos de sangramento resultantes de abortos provocados, registados em mulheres grávidas na maternidade.

Quanto às ocorrências a responsável fez saber que foram atendidos 184 pacientes (mais 30 comparativamente ao período anterior), dos quais 86 em ginecologia e obstetrícia, com diversas patologias com realce para malária, paludismo e abortos.

Precisou que foram realizados 54 partos com igual número de nados vivos, 11 dos quais em mães adolescentes, com 10 cesarianas.

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.