Tina Turner acusada de ter abandonado a família

Recentemente estreou um novo musical baseado na história de vida de Tina Turner, que retrata, entre outros acontecimentos, a fuga da cantora do ex-marido, o músico Ike Turner. Contudo, o filho adotivo da cantora, Ike Turner Jr. deu uma perspetiva completamente diferente daquela que é apresentada no espetáculo.

Numa entrevista ao jornal britânico Daily Mail, o mesmo garantiu que a cantora abandonou a família: “A Tina criou-me desde os dois anos. Ela é a única mãe que eu conheci”, começou por dizer. “Mas eu não falo com a minha mãe há muito tempo provavelmente desde 2000. Não acho que nenhum dos meus irmãos fale com ela há muito tempo também”, garantiu.

Relativamente aos casos de conflitos, Ike Jr. prefere minimizar as situações: “O meu pai e minha mãe não tinham mais conflitos que os nossos vizinhos”, assegura.

Importa referir que Ike Turner, o pai, era viciado em drogas e agredia Tina com regularidade. A imprensa conta que após 16 anos de sofrimento, a celebridade fugiu de casa com apenas 36 centavos na carteira.

Apesar destas declarações, o entrevistado garante que também sofreu nas mãos do pai, após a separação: “Quando a minha mãe e o meu pai se separaram, ele não queria que eu trabalhasse com ela e bateu-me na cabeça com uma pistola”, refere. Contudo acabou por perdoá-lo e gostaria que Tina tivesse feito o mesmo.

De recordar que o ex-marido da artista morreu há 11 anos, vítima de uma overdose.

Tina Turner tem quatro filhos: Craig, 60 anos, Ronnie, 57, Ike Jr, 59, e Michael, 59.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.